Parker Brasil

ILPF, o milagre da multiplicação no campo - Parte II

ILPF, o milagre da multiplicação no campo - Parte II - Integração de culturas permite o aproveitamento intensivo do solo - Parker Brasil - AutomaçãoVimos na primeira parte deste artigo a utilização do sistema ILPF como estratégia para aumentar a produção no campo (Veja aqui a parte 1 desta matéria). Veja agora na segunda e última parte a participação da Parker no fomento dessas técnicas de plantio, fornecendo tecnologias e contribuindo para o sucesso da implantação do sistema ILPF.

Difusão tecnológica

Com o objetivo de acelerar o processo de adoção de sistemas ILPF no Brasil, foi criada em 2012 a Rede de Fomento à Integração Lavoura-Pecuária-Floresta. Trata-se de uma parceria público-privada constituída pelas empresas Cocamar (Cooperativa Agroindustrial do Paraná), Parker Hannifin, Dow Agroscience, John Deere, Syngenta e Embrapa.

Atualmente, a parceria apoia uma rede de 107 Unidades de Referência Tecnológica (URT) distribuídas em todos os biomas brasileiros, as quais são utilizadas na realização de capacitações continuadas, incluindo cursos, dias de campo e visitas técnicas. Ao todo estão envolvidas 19 Unidades de Pesquisa da Embrapa.

Terceira revolução

ILPF, o milagre da multiplicação no campo - Parte II - Soluções inovadoras para o agronegócio - Parker Brasil - AutomaçãoPresidente da Rede de Fomento, Paulo Herrmann avalia que o rápido crescimento da ILPF se deve à aptidão natural dos trópicos para a produção agrícola e à capacidade dos produtores de absorver novas tecnologias produtivas e sustentáveis.

Herrmann destaca que o agronegócio brasileiro atravessa um momento ímpar, protagonizando a terceira revolução da agricultura tropical por meio dos sistemas integrados de produção. Ele explica que a primeira foi a adoção do plantio direto, que potencializou o uso da terra; num segundo momento, introduziu-se o plantio da segunda safra anual. “Agora será a era da ‘agricultura sem parar', que potencializa a produção pelo regime de sucessão de culturas”, analisa. “A ILPF economiza 60% da área de plantio quando comparada com a mesma produção em sistema convencional”, ressalta Herrmann.

Adaptação contínua

"Com a introdução da ILPF, devemos nos preparar para uma mudança tanto no ambiente tecnológico quanto cultural, o que exigirá uma adaptação contínua de toda a cadeia do agronegócio", expõe Candido Lima, presidente da Parker para a América Latina. "A integração lavourapecuária- floresta está levando mais tecnologia para o campo, e nossas soluções são projetadas para cumprir esse papel", esclarece.

Candido lembra que a Rede de Fomento ILPF promove a sustentabilidade, "um conceito muito alinhado aos princípios de gestão da nossa empresa, e os excelentes resultados alcançados até aqui nos incentivam a seguir apoiando cada vez mais a disseminação dessas práticas inovadoras".

Em expansão

A pesquisa que revelou a expansão das técnicas de ILPF mostrou também que os estados que lideram em área são Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Santa Catarina.

Concluído em novembro de 2016, o estudo elaborado pelo Kleffmann Group teve o acompanhamento técnico da Embrapa Meio Ambiente (SP) e foi patrocinado pela Rede de Fomento ILPF.

Entre os produtores com foco na pecuária, o principal motivo para a adoção dos sistemas integrados foi a capacidade de reduzir impactos ambientais. Já os produtores de grãos têm aderido a esses sistemas em busca do aumento da produtividade e diminuição dos riscos financeiros.

Para Maurício Antônio Lopes, Presidente da Embrapa, a intensificação sustentável já é uma realidade no agronegócio brasileiro. “Nosso país chama a atenção do mundo pelo potencial de expansão da sua agricultura”, pontua. “Grande parte de nossas áreas agrícolas pode ser utilizada de maneira segura 365 dias ao ano, produzindo em sintonia com o novo Código Florestal e com o novo padrão de consumo definido por uma sociedade cada vez mais atenta às causas ambientais”, conclui.

Próximas conquistas

Em todo o território nacional, já existem 107 Unidades de Referência Tecnológica que servem como observatórios das técnicas de ILPF. Desta forma, o sistema deverá estar presente em um número cada vez maior de propriedades rurais, viabilizando tanto a expansão da produtividade quanto a conservação dos recursos naturais.

Como consequência desse trabalho, espera-se a obtenção de um futuro “selo verde” para a carne brasileira, que poderá elevar o agronegócio nacional a um inédito patamar de eficiência alinhado com as demandas do século XXI.

Soluções inovadoras para o agronegócio

Líder global em tecnologias de movimento e controle do movimento, a Parker tem desenvolvido soluções em diversas áreas da engenharia com forte potencial de ampliação da eficiência na produção de alimentos e na preservação do meio ambiente. No mercado nacional há mais de 40 anos e com forte presença no agronegócio, a Parker fornece componentes e sistemas inovadores que ampliam a produtividade das máquinas e implementos agrícolas – como interfaces para o controle eletrônico e automação de equipamentos e o fornecimento de componentes e sistemas mais eficientes e compactos. As soluções Parker são decisivas também para suportar a operação das propriedades rurais, com geração de energia, processos avançados de filtração/monitoramento e serviços de manutenção (na foto, sistema Downforce para acionamento de molas pneumáticas instalado em plantadoras para controle da profundidade dos discos de plantio).

Para mais informações sobre ILPF, acesse este link

Para mais informações sobre as tecnologias Parker, ligue 0800 727 5374 ou acesse o website da Parker Brasil.

Leia mais artigos:

Moduflex IO-Link garante conectividade inteligente na indústria

Parker adquire CLARCOR e amplia presença no mercado de filtração

Parker completa 100 anos de conquistas

 

Categorias
Postagens Recentes do Autor

Boas práticas no emprego de vedações geram economia na indústria

Evitar a perda de fluidos em sistemas hidráulicos e pneumáticos é um desafio constante na indústria. Com os O’Rings Parker, esta tarefa pode ser cumprida com maior segurança e economia, visto que a...

Novas tecnologias para o agronegócio

Conheça algumas das principais tecnologias recentemente apresentadas pela Parker para o mercado do agronegócio: A inovação multi-coupling A partir de agora, as operações de transporte de cana no campo...

GVM: o futuro da motorização mobil é elétrico e supercompacto

Sucesso na Europa e Estados Unidos, onde já foi testado em diversas aplicações, o novo e ultraeficiente motor GVM (Global Vehicle Motor) destaca-se entre os mais avançados já concebidos. Desenvolvido...
Comentários

Você tem alguma dúvida sobre os produtos ou serviços da Parker?
Nós podemos ajudar: entre em contato conosco!

Note to ILPF, o milagre da multiplicação no campo - Parte II

Deixe um comentário





Captcha