Parker Brasil

Veja como funciona um regulador de pressão

Veja como funciona um regulador de pressão - Secção de um regulador de pressão com escape - Parker Brasil - AutomaçãoO ar comprimido entra por (P) e pode sair por (P’) apenas se a válvula de assento estiver aberta. A secção de passagem regulável está situada abaixo da válvula de assento (C). Girando totalmente a manopla (D) no sentido anti-horário (mola sem compressão), o conjunto da válvula de assento (C) estará fechado.

Girando a manopla no sentido horário, aplica-se uma carga numa mola calibrada de regulagem (A), fazendo com que o diafragma (B) e a válvula de assento (C) se desloquem para baixo, permitindo a passagem do fluxo de ar comprimido para a utilização (H). A pressão sobre o diafragma (B) está balanceada através do orifício de equilíbrio (G) quando o regulador está em operação. A pressão secundária, ao exceder a pressão regulada, causará, por meio do orifício (G), ao diafragma (B), um movimento ascendente contra a mola de regulagem (A), abrindo o orifício de sangria (F) contido no diafragma.

O excesso de ar é lançado para a atmosfera através do orifício (E) presente na tampa do regulador (somente para reguladores com sangria). Portanto, uma saída de pressão pré-regulada é um processo de abre-fecha da válvula de assento (C), que poderia causar certa vibração. Isto é evitado porque certos reguladores são equipados com um sistema de amortecimento (I) por mola ou ar comprimido. Por sua vez o dispositivo autocompensador (CI) permite montar o regulador em qualquer posição, e confere ao equipamento um pequeno tempo de resposta.

A pressão de saída é alterada pela atuação da manopla (D), não importa se para decréscimo – quando a pressão secundária regulada é maior, o ar excedente desta regulagem é automaticamente expulso para o exterior através do orifício (F), até que a pressão desejada seja atingida – ou acréscimo. Neste caso, o aumento da pressão se processa normalmente, atuando-se a manopla (D) e comprimindo-se a mola (A) da forma já mencionada, onde através de um manômetro (J) registram-se as pressões secundárias reguladas.

Para mais informações sobre a linha pneumática da Parker, clique aqui.

Para mais informações, ligue 0800 727-5374 ou acesse o website da Parker.

Leia mais artigos:

Mais compactos, mais fortes e (muito) mais eficientes

Unidades portáteis de pressurização trazem a solução completa

Bancadas didáticas contribuem para a formação dos profissionais do futuro

Categorias
Postagens Recentes do Autor

Conheça o controlador de automação definitivo

Como se sabe, o conceito Indústria 4.0 é uma alusão à quarta revolução industrial, geralmente descrita como a informatização da manufatura – ou seja, a união da automação convencional com a tecnologia...

Tecnologia inovadora troca a brasagem por segurança e rapidez

A Parker está introduzindo no Brasil mais uma tecnologia inovadora com o lançamento da primeira união para montagem a frio de tubulações de cobre. Trata-se da linha de conexões ZoomLockTM, uma solução...

As máquinas falam

Recentemente, a Parker apresentou sua própria plataforma dedicada à Internet das Coisas (www.parker.com/IoT). Trata-se de um ambiente aberto, interoperável e seguro de soluções conectadas para...
Comentários

Você tem alguma dúvida sobre os produtos ou serviços da Parker?
Nós podemos ajudar: entre em contato conosco!

Note to Veja como funciona um regulador de pressão

Deixe um comentário





Captcha