Parker Brasil

Como reduzir desperdícios em prensas e injetoras

Como reduzir desperdícios em prensas e injetoras - Bomba, motor elétrico e drive formam a solução Parker DCP - Parker Brasil - HidráulicaTanto pela necessidade de reduzir custos nas operações quanto pela urgência da preservação ambiental, a busca pelo aperfeiçoamento da eficiência energética tornou-se uma das mais constantes preocupações da indústria.

Nos últimos anos, esse esforço tem-se refletido de forma acentuada no projeto dos sistemas hidráulicos.

Observe o quadro abaixo. A solução convencional, formada por bomba de deslocamento fixo e motor elétrico de rotação fixa (figura1), é caracterizada por apresentar elevado desperdício de energia elétrica em relação àquela aproveitada pelo sistema.

Na figura 2, vemos que o conjunto formado por bomba de deslocamento variável associada a um motor elétrico de rotação fixa reduziu o gap entre a energia desperdiçada e a energia utilizada para gerar trabalho.

Com a introdução do recurso Load Sensing nas bombas de deslocamento variável (veja figura 3), os processos industriais ganharam eficácia e atingiram redução sensível das perdas de energia nos acionamentos hidráulicos.

Como reduzir desperdícios em prensas e injetoras - Infográfico "A contínua evolução da eficiência energética nos sistemas hidráulicos" - Parker Brasil - Hidráulica

Figura 1:Bomba de deslocamento fixo + motor elétrico de rotação fixa
Figura 2: Bomba de deslocamento variável + motor elétrico de rotação fixa
Figura 3: Bomba de deslocamento variável com recurso load sensing + motor elétrico de rotação fixa
Figura 4: Sistema DCP com bomba fixa + motor elétrico variável + drive: perda energética próxima a zero

Potência sob demanda

A boa notícia é que agora todos esses conceitos foram superados, pois um novo padrão de eficiência surge na tecnologia hidráulica mundial com o lançamento da solução Drive Controlled Pump (DCP). Desenvolvida pela Parker na Alemanha (veja figura 4), esta inovação permite operar com perda energética próxima a zero.

Composto por Bomba de Palhetas Série T7 (ou bomba variável de pistões Série PVPlus), motor elétrico (servomotor ou motor assíncrono) e Drive AC30, o DCP Parker fornece potência sob demanda, de acordo com cada momento do processo, exclusivamente quando for necessário e na quantidade ideal.

Esta solução é perfeita para injetoras de plástico e de metal, prensas em geral e máquinas-ferramenta.

Diferentemente dos acionamentos hidráulicos convencionais, a tecnologia DCP controla a vazão e a pressão do sistema por meio do drive AC30, o que garante desempenho preciso e drástica redução de desperdícios.

Encontrando automaticamente o ponto de maior eficiência na relação entre rotação do motor e deslocamento da bomba, o DCP adiciona várias outras vantagens ao conjunto hidráulico.

Graças à sua dinâmica operacional, esse sistema pode levar a ganhos imediatos de produtividade de até 30%.

Maior durabilidade

A adoção do DCP permite o uso de componentes mais compactos (reservatório menor para o fluido hidráulico, por exemplo), bem como a redução ou até mesmo a eliminação do sistema de refrigeração. Há também potencial para dispensar válvulas de controle proporcional, pois boa parte dos controles é realizada no conjunto motobomba.

Por ser altamente eficiente, o DCP faz com que cada componente do conjunto trabalhe na maior parte do tempo distante de seu limite operacional, evitando desgastes comuns e consequentemente ampliando a vida útil desses equipamentos. Com isso, há um natural aumento da disponibilidade de máquinas devido ao menor índice de paradas para manutenção.

Vale observar que a questão ergonômica também está contemplada entre as vantagens desta inovação da Parker. O sistema DCP reduz a poluição sonora mantendo a rotação da bomba em níveis mais baixos, que permitem redução de até 20 dB na emissão de ruído.

Mesmo empregando tecnologia híbrida (elétrica-hidráulica-eletromecânica), esta solução Parker é muito prática e simples de operar. Para atender os profissionais da hidráulica, o software do drive AC30 foi ajustado para exibir grandezas hidráulicas em vez de elétricas, o que garante o uso intuitivo do sistema.

Desempenho superior

Para equipar o conjunto DCP, a Parker elegeu a Bomba de Palhetas Série T7, que atende deslocamentos de até 140cm3. Por sua característica construtiva simétrica, esse modelo proporciona maior durabilidade e maior tolerância à sujidade, sendo assim muito superior às bombas convencionais de engrenamento interno.

O DCP também pode ser configurado com a bomba variável de pistões Série PVPlus, que cobre deslocamentos de até 360 cm3.

Se em sua fábrica há alguma máquina registrando alto consumo de energia elétrica, desgastes prematuros nos componentes ou que representa um gargalo de produtividade, você deve considerar a troca do seu sistema hidráulico convencional pelo DCP.

Contate um especialista da Parker para ajudá-lo a descobrir todos os potenciais ganhos desta evolução – desde a redução no consumo de energia elétrica e simplificação do sistema até a redução do downtime com melhorias significativas no aspecto ergonômico de seu processo.

Benefícios da tecnologia Parker DCP

• Potencial economia energética de até 70%
• Potencial redução de ruído de até 20dB
• Maior durabilidade e vida útil
• Menor custo total do sistema hidráulico (componentes mais simples e mais compactos)
• Reduz as paradas para manutenção dos equipamentos
• Maior produtividade
• Dispensa programação prévia
• Criado para ser operado com facilidade pelos profissionais da área hidráulica

Saiba mais sobre DCP neste link ou e-mail falecom@parker.com.

Leia mais artigos:

Novas Tecnologias Parker apresentadas na Expomafe

Direção elétrica abre caminho para ônibus e utilitários mais ecológicos

GVM: o futuro da motorização mobil é elétrico e supercompacto

 

Categorias
Postagens Recentes do Autor

De borracha, termoplástica ou híbrida: qual a melhor mangueira?

Conheça três alternativas para aplicações de baixa pressão com a tecnologia push-on/push-lok Selecionar uma mangueira industrial de baixa pressão quase sempre significa ter que escolher entre...

Instalações até 70% mais rápidas

Que tal adotar uma tecnologia que ajude você a atrair novos negócios? Foi exatamente isso que o empreendedor Renan Palucci, da empresa Mapre Manutenção e Automação Predial, fez ao trocar a obsoleta...

A um passo do transporte elétrico

A contagem regressiva para a eletrificação de caminhões, ônibus e máquinas agrícolas já começou. Visando reduzir o consumo de combustíveis fósseis, montadoras investem no desenvolvimento de novos...
Comentários

Você tem alguma dúvida sobre os produtos ou serviços da Parker?
Nós podemos ajudar: entre em contato conosco!

Note to Como reduzir desperdícios em prensas e injetoras

Deixe um comentário





Captcha